O TWICE veio para te servir um leite coalhado em “Alcohol-Free”

Bom dia meus amores, tudo bem com vocês?

Hoje veio aí o comeback do TWICE que era aguardadíssimo por geral, já como elas conseguiram facilmente lançar um dos melhores trecos que 2020 e a discografia dela já viram, então óbvio que estaria todo mundo de olho nelas… e eu preferia ter voltado os meus olhos para outra coisa e irei te contar o por quê.

Eu estava com as expectativas lá no alto com o TWICE pois elas estavam numa sucessão de acertos impressionante e nos entregando músicas de alta qualidade, “I Can’t Stop Me” foi icônica demais junto com álbum, então era certo que viria coisa boa no próximo comeback, mas não foi o que veio aí.

Juro que quando os teasers começaram a sair, tudo o que eu fiz foi aclamar. Eu tinha amado o conceito, estava animado pela inesperada pegada bossa nova que teria, inclusive ontem estava falando com outras pessoas sobre como a música seria ótima, eu estava aclamando e chamando de hino sem nem ter saído, para chegar hoje e elas pegarem todas as champanhotas, vinhos, tequilas, marguaritas, mimosas e piñatas e jogaram no meu rabo na minha cara como um aviso de “acorde seu viado, não é sempre que o TWICE acerta”.

Meu maior problema com Alcohol-Free é que ela é chata, datada, longa demais para a proposta e já envelheceu mal mesmo tendo acabado de lançar.

Eu comecei a aclamar na primeira ouvida e estava vivendo por ela, mas a cada ouvida algo me desagradava e foi caindo e piorando até eu passar a detestar. Ouvir essa música foi como passar pelos 5 estágios do luto, mais ou menos assim:

Primeira ouvida – negação: Err, que música boa hein? Ha-ha-ha que hino, foi tudo! kk.

Segunda ouvida – raiva: Por que diabos essa música é tão longa? 30 segundos a menos dela seria melhor.

Terceira ouvida – barganha: Ah, ela não é tão ruim assim, vai… Pelo menos vai hitar na Renner.

Quarta ouvida – depressão: Elas lançaram isso mesmo?

Quinta ouvida – aceitação: Que bomba horrível, como tiveram coragem de lançar essa música de elevador?

As novas Girls From Seul erraram feio aqui, viu? E pelo que vi, foi o melhor debut na Gaon desde Yes or Yes, provando por A+B que a Coréia do Sul sempre aclama as piores e deixam as melhores passarem batido.

O único ponto positivo ficou realmente com o MV que tem uma paleta de cores bem vibrante, é um clipe dinâmico, elas estão lindas e divertidas, os looks estão bem verão, um MV lindo para assistir no mudo. É um dos melhorzinhos que elas fizeram até aqui, pois ele faz sentido.

Pelo menos os memes delas como baristas num comercial da Itaipava valeram a pena. É viu… decaíram.

THE FLAVOR OF THE ALBUM IS…

Nada. Elas vão lançar o álbum intitulado “Taste of Love” no dia 11 de Junho (sexta-feira) como uma estratégia para que os fãs pudessem dar atenção para o single e mesmo sem ter lançado eu já perdi toda a vontade de ouvir o álbum depois desse “Taste of Derrota” que foi esse single.

6 comentários em “O TWICE veio para te servir um leite coalhado em “Alcohol-Free”

  1. AMGKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK QUE ODIO PARECE MUSICA DE ELEVADOR MESMO, mas o pior é que eu gostei do single, achei gostosinho. vc ouviu o highlight medley do álbum? acho que as b-sides estão muito melhores

    Curtido por 2 pessoas

  2. Poisé, realmt, twice é o meu gp bias… os teazer realmente estavam muito lindos, o instrumental tbm, mas a musica… mas eu gostei desse mv, tem uma pegada mais verão e tals, e o twice nn faz muito clipe assim claro… a musica ta chata… mas nn ta tão ruim assim, da pra tocar na rádio da renner akakak

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s